terça-feira, 14 de fevereiro de 2006

«Momentos»

Na vida podem existir momentos baixos...
Atropelos, tropeções, folias loucas,
Mas olhamos para o céu e vemos as estrelas
E pensamos: não há ninguém que brilhe como elas
Que nos traga alegria e paz como elas!

No entanto eis que a brisa traz uma menina
Com sorrisos aos montões, cheia de vida...
Cheia de sonhos, sem tempo sequer para uma ferida,
Com vontade de amar com conta, peso e medida
Com todo o brilho e a energia de uma bela estrela!


Por ser dia de S. Valentim, dedico esta poesia a todas as mulheres que merecem ser amadas!

2 comentários:

Luz de Estrelas disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Carango disse...

As Estrelas brilham...tantas vezes com um brilho que parece eterno...Mas cuidado,nem sempre o ceu esta limpo...e é nesses momentos que devemos com mais intencidade cuidar das nossas Estrelas...
...nada melhor que ter o brilho de uma Estrela sempre por perto...