segunda-feira, 8 de maio de 2006

«Sensações»

Há momentos que são só nossos: Quando nos revemos em nós e no que vivemos. Momentos que escasseiam mas que são a razão de um belo sentimento; a beleza e a passagem do tempo com algo que nos transforme de repente: Rolar na relva de um campo, sentir o cheiro da terra molhada, jagar às escondidas e à apanhada, sentir o cheiro profundo de uma rosa, ouvir um riso, um choro, uma grande gargalhada ou sentir um simples abraço vindo directamente de uma única morada - e fonte de emoção - do nosso coração!

3 comentários:

maria disse...

Realmente nada como recordar os tempos de infância, que teimam em ser os melhores da nossa vida, os mais felizes, os mais verdadeiros...
Com o passar dos tempos, as emoções nunca mais nos parecem iguais - tão genuínas - :)!
Enfim, bons velhos tempos!!!!

maria disse...

Ouço "as" música vezes sem conta para reviver um momento muito especial!!!!
Fecho os olhos e ainda consigo ouvir a voz magnifica que não se apaga do meu pensamento!
Adoro-te

Pedro Cotter disse...

Palavras para que!!! Momentos que nos forjaram, momentos onde muitas vezes ainda nos refugiamos!!!!

Abraco