terça-feira, 29 de janeiro de 2008

(Só)

Depois de tantas lágrimas
cobrirem as ruas
chegaste

Foto: APS

5 comentários:

Cláudio disse...

Por fim a redenção, um novo capítulo, um desejo materializado que não se volatilize como os outros, que não se condense em lágrimas como os outros, que chegue para ficar, de braços abertos e mãos estendidas, pronta a acompanhar os passos por ruas luzentes de sol...

Desculpa, mas ao ler-te dei em sonhar como se as tuas palavras fossem minhas...

verdades_e_poesia disse...

E que bem que sonhaste Cláudio... Que bem caiu ao post este comentário e são sempre muito bem vindos os teus. Pelo que não tens, obviamente, de pedir desculpa.
Não te volatizes tu também de dar 'opiniões' como estas. ;)

Andreia Ferreira disse...

(Tudo) :)
***

un dress disse...

rios que se naveguem...





:) beijO

Cláudio disse...

Fico contente por não teres sentido as minhas palavras como um abuso de participação. Não quero volatilizar-me, não quero mesmo, mas o raio dos exames teimam em querer estragar-me a festa bloguística. Vou-me esforçando por conciliar as duas coisas. Vou aparecendo. Inté ;)